quarta-feira, 8 de setembro de 2010

Editor da Wine Enthusiast está na serra gaúcha degustando vinhos brasileiros

Adam Strum, fundador, presidente e editor da revista Wine Enthusiast, uma das mais conceituadas publicações sobre vinhos dos Estados Unidos e do mundo, chegou nesta quinta-feira (2) para uma visita de três dias às vinícolas da serra gaúcha. Esta é a primeira vez que Strum vem ao Brasil para conhecer as cantinas verde-amarelas, a convite do projeto Wines of Brasil, realizado em parceria pelo (Instituto Brasileiro do Vinho) e pela Apex-Brasil (Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos).

O jornalista especialista em vinho conheceu nesta sexta-feira (3) a Casa Valduga e a Miolo, ambas no Vale dos Vinhedos (RS). À noite, as vinícolas Courmayer e Don Guerino oferecem um jantar harmonizado no restaurante Pirandello, em Bento Gonçalves. Neste sábado (4), Strum conhecerá a Lidio Carraro, a Cave Geisse e fará um roteiro pelas vinícolas de Pinto Bandeira. À noite, janta no restaurante Primo Camilo, em Garibaldi, com vinhos e espumantes da Santo Emílio e Panceri, duas vinícolas de Santa Catarina.

Depois das primeiras duas visitas, na Casa Valduga e na Miolo, Adam Strum tomou uma decisão: vai enviar o responsável pela avaliação de vinhos sul-americanos para degustar os vinhos brasileiros. Assim, os nossos rótulos serão, pela primeira vez, pontuados pela Wine Enthusiast. Strum ficou surpreso com o porte das vinícolas visitadas, dizendo que, nos Estados Unidos, não existem empresas tão organizadas e com tamanha estrutura. Para ele, os espumantes são o ponto forte do país. “É o grande diferencial do Brasil”, comentou.

Strum ainda gostou dos vinhos tintos das variedades Merlot, Pinot Noir e, principalmente, da Cabernet Franc. “Ele ficou impressionado com a complexidade e a elegância dos nossos vinhos”, comenta a diretora comercial da Casa Valduga, Juciane Casagrande. “O Adam adorou os vinhos Cuvee Giuseppe Chardonnay, Sesmarias, Lote 43 e RAR Pinot Noir”, conta o supervisor de mercado internacional da Miolo, Fabiano Maciel.

Em uma conversa com o diretor-executivo do Ibravin, Carlos Raimundo Paviani, e com a gerente a gerente de Promoção Comercial do Wines of Brasil, Andreia Gentilini Milan, Strum comentou que ninguém faz espumantes como o Brasil na América do Sul. “Os espumantes brasileiros têm alta qualidade e preço acessível. É uma compra com satisfação garantida”, elogiou. O jornalista norte-americano disse ainda que está muito feliz de vir ao Brasil e de conhecer a produção de vinhos e espumantes daqui. “Há 20 anos, eu fui o primeiro jornalista americano a visitar o Chile. E há 15 anos também foi o pioneiro a conhecer Mendoza. Agora, quero levar para o mundo o que está sendo feito no Brasil”, observou.

No twitter, Strum anunciou sua vinda ao Brasil. “Off to visit Peru/Brazil/ Porto Allegre where the Brazilian vineyards reside Did you know they have 2 harvests here... only place on earth” [De folga para visitar o Peru e o Brasil. Você sabia há duas safras aqui… único lugar no mundo.”]. Disse mais no twitter: “I wonder what varietals are primarily planted in Brazil? 15 years ago I visited Mendoza and amazing what has happened with Argentina since”. [Fico me questionando quais variedades são essencialmente cultivadas no Brasil? 15 anos atrás visitei Mendoza e é impressionante o que aconteceu com a Argentina desde então.]

Fonte: Ibravin

Um comentário:

Bicho Solto disse...

Sim, este evento esta sendo bastante comentado pelo estado(RS) que ecoou aqui mesmo em SP*