sexta-feira, 25 de junho de 2010

Aumenta 3,66% a venda de vinhos brasileiros no 1º quadrimestre do ano

Números apurados pelo Ibravin ainda mostram um crescimento de 29,5% na comercialização de espumantes e de 30% no suco de uva 100% natural de janeiro a abril deste ano, em comparação com o mesmo período do ano passado

A comercialização de vinhos elaborados no Rio Grande do Sul – responsável por cerca de 90% da produção nacional – teve um crescimento de 3,66% no primeiro quadrimestre do ano no Brasil. De acordo com levantamento do Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin) divulgado nesta sexta-feira (25), foram vendidos 57,6 milhões de litros de vinhos finos e de mesa de janeiro a abril deste ano, ante 55,5 milhões de litros colocados no mesmo período do ano passado. “O resultado é muito positivo, já que este é o pior período para comercialização de vinhos”, afirma o presidente do Conselho Deliberativo do Ibravin, Júlio Fante [fotos em anexo]. “Nosso melhor momento para venda de vinhos começa em junho, com a chegada do frio, e depois em outubro, com os espumantes”, explica. Este aumento confirma a tendência de alta nas vendas de vinhos brasileiros verificada no ano passado, que fechou com o incremento de 12% na comercialização em relação a 2008. “Cada vez mais os consumidores estão reconhecendo os investimentos feitos pelas vinícolas em qualidade”, destaca. O Ibravin projeta um acréscimo de 10% a 12% na venda de vinhos para este ano.

Espumante sobe 29,5%
A comercialização de vinhos espumantes elaborados no Rio Grande do Sul cresceu 29,5% d janeiro a abril deste ano, na comparação os quatro primeiros meses de 2009. Foram colocados no mercado 1,96 milhão de litros de espumantes no primeiro quadrimestre do ano, ante 1,51 milhão de litros no mesmo período do ano passado. “Este aumento nas vendas dos espumantes em um período tradicionalmente de baixa no mercado nos dá a certeza de que teremos o melhor ano da história”, projeta o gerente de Marketing do Ibravin, Diego Bertolini.

Suco de uva natural cresce 30%
O acréscimo na venda de suco de uva natural (com 100% da fruta) no Brasil somou 30,8%, com a venda de 9 milhões de litros no primeiro quadrimestre do ano, contra 6,9 milhões de litros de janeiro a abril de 2009. “O suco de uva 100% natural mantém o seu ritmo acelerado de crescimento”, comemora Bertolini.

Os números apurados pelo Ibravin têm base no Cadastro Vinícola, mantido em parceria com a Secretaria da Agricultura, Pecuária, Pesca e Agronegócio (Seappa) e o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). As informações não abrangem o restante do País em razão de outros estados brasileiros não implantarem o Cadastro Vinícola.

Fonte: Ibravin

2 comentários:

Bicho Solto disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Bicho Solto disse...

Gostei do teu blog minha conterrânea, e gosto de enoblogueiros...
Vou acompanhar teu ''Sommelière''

Quem sabe tu vens para o encontro de vinhos em São PAulo?

Abraço!!